Numa família saudável, com uma forte cultura de aprendizagem, o computador servirá apenas para melhorar o que já era bom. Numa família psicologicamente instável, que adopte uma atitude de reduzido interesse pela aprendizagem, o computador poderá agravar tudo o que já estava mal”. (pp. 268)